Entrimagens

todesnafoto

O que se sabe sobre as infâncias brasileiras?
O que se sabe sobre as crianças moradoras em assentamentos rurais? O que se sabe sobre crianças e movimentos sociais?
Saiba Mais

Todes na foto foi um projeto de pesquisa em coparticipação entre EFLCH, UNIFESP, coordenado por Daniela Finco e FE-USP, com Marcia Gobbi. Contou com a participação de estudantes de graduação e pós-graduação de ambas as universidades. O foco da investigação esteve voltado para as crianças do assentamento Dom Tomás Balduino, ligado ao MST, Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra, localizado no município de Franco da Rocha, Estado de São Paulo. Houve idas mensais e semanais para o assentamento ao longo de 2011. Fotografias pinhole, analógicas e digitais foram usadas como recursos metodológicos ao longo da pesquisa. Elas foram  produzidas por crianças de 3 a 12 anos de idade. As crianças sem terrinha, como denominado pelo MST, ficavam com as câmeras fotográficas digitais ao longo de uma semana, fotografando seu cotidiano. Em outros momentos, fazíamos oficinas de foto pinhole ou promovíamos o uso de câmeras analógicas.  A escolha dos instrumentos metodológicos justifica-se pelo interesse na interpretação do entendimento que as crianças têm do mundo. O objetivo era conhecer os modos cotidianos de vida de meninas, menines e meninos no assentamento junto à vizinhança, amigues e familiares. 

Temos neste site em torno de 500 fotos produzidas pelas crianças e um livreto derivado desta pesquisa, com as quais acreditamos que seja possível contribuir para pesquisas com crianças em movimentos sociais e em luta por terra.

Como o cotidiano em luta por terra é representado pelas crianças? Podemos definir a luta diária pelas e com as crianças? Esta coleção de fotografias deriva da pesquisa “Ser menina e ser menino no assentamento do MST: o que as crianças registram em suas máquinas fotográficas?”, que contou com auxílio financeiro do CNPq, foi realizada junto a meninas e meninos moradores do Assentamento Dom Tomás Balduino do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, situado no Estado de São Paulo, e apresenta fotografias criadas pelas crianças.