Entrimagens

Saiba Mais Encontramos em pesquisas, como o próprio nome informa, teses, dissertações, iniciações científicas e artigos, produtos de investigações realizadas pelo grupo Crianças, práticas urbanas, gênero e imagens, mas não exclusivamente.

Pesquisas

Pretende-se a articulação com outros grupos de pesquisa e que esse meio seja fecundo no processo de divulgação de estudos e investigações com temáticas similares e que possam contribuir para construção e consolidação de campos de pesquisa, ao mesmo tempo que contribuam com processos de formação de professoras da educação básica e pesquisadoras. Esse espaço, em permanente construção, pois se pretende ampliação constante, se constitui fundamentalmente como meio para divulgação de estudos. Nosso intuito é fomentar e contribuir com diálogos sobre temáticas concernentes à infância, feminismo e história de mulheres, cidade e seus desdobramentos, tais como movimentos sociais, desigualdade social e moradia. Para estabelecer esse diálogo de modo mais amplo e significativo, pretende-se a inclusão de pesquisas produzidas em diferentes universidades, configurando este meio como fonte de pesquisas futuramente.  

FOI RESPEITADA A EXPRESSÃO DA CRIANÇA QUANDO DISSE O QUE FEZ? ARTES NOS PARQUES INFANTIS ATRAVÉS DAS FOTOGRAFIAS DE BENEDITO JUNQUEIRA DUARTE

Priscila Fernanda de Brito

O foco da pesquisa é reconhecer em fotografias de Benedito Junqueira Duarte os aspectos artísticos e estéticos das propostas e práticas artísticas nos Parques Infantis (1935-1938) na gestão de Mário de Andrade como Diretor do Departamento de Cultura na cidade de São Paulo.

VER PESQUISA

INFÂNCIAS EM TRAÇOS E ESPAÇOS: CRIATIVIDADE, MOVIMENTO E SUBVERSÃO EM CRIANÇAS E ADULTOS.

Beatriz Bitu Boss

Buscou-se refletir sobre as dinâmicas estabelecidas na cidade e na arte a partir da produção artística gráfica urbana de adultos, adultas e crianças. São considerados elementos gráficos em espaço público.

VER PESQUISA

LOIRA VOCÊ FICA MUITO MAIS BONITA – RELAÇÕES ENTRE CRIANÇAS DE UMA EMEI DA CIDADE DE SÃO PAULO E AS REPRESENTAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS EM SEUS DESENHOS

Ana Carolina Batista Farias

A autora buscou compreender relações entre crianças e seus desenhos concernentes às relações etnico-raciais a partir de uma EMEI situada na periferia paulistana. Cor de pele, traçados e cabelos são elementos culturais observados.

VER PESQUISA

SER CRIANÇA BOLIVIANA NA OCUPAÇÃO PRESTES MAIA

Carolina Abrão

Nesta pesquisa buscou-se conhecer e analisar o cotidiano de crianças e famílias bolivianas da segunda geração em São Paulo, seus sonhos e desejos moventes de moradoras da Ocupação Prestes

VER PESQUISA

ENTRE SÃO PAULO E BOLÍVIA: A VIDA NA CIDADE NARRADA PELAS CRIANÇAS BOLIVIANAS NA PRAÇA KANTUTA

Julia Audi Feigenblatt

Essa pesquisa etnográfica buscou compreender a vida de crianças bolivianas a partir de conversas, desenhos, fotografias e permanência em finais de semana na Praça Kantuta, importante ponto de relações entre bolivianos na cidade de São Paulo

VER PESQUISA

CAMINHAR, FOTOGRAFAR, DESENHAR

Lilith Neiman

Conhecer os usos do espaço urbano, na região central de São Paulo, com crianças frequentadoras de uma Escola Municipal de Educação Infantil, EMEI, situada na Praça da República foi o objetivo desta pesquisa. Caminhadas, desenhos e fotografias foram elementos componentes da metodologia usada .

VER PESQUISA